sexta-feira, 7 de agosto de 2009

do que ela me sente.

Clarice calou-me como sempre:

"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos."

3 comentários:

Labes disse...

mais um, aliás.

Nelson disse...

Nem toda mulher gosta de apanhar, só as normais"

Cláudia I, Vetter disse...

uuuuuuuuuuui, eu digo, uuuuuuui.
só o arrepio retrata.