terça-feira, 28 de outubro de 2008

ímpar;

praça, flor meio exótica e de cor forte, aquele som longe de praça de correria e risos, aquele ar cheio, sentar na grama e desfiar as linhas trançadas na nossa mente nos últimos dias, coisas que fazem todo o sentido no domingo.

essa paz que o paraíso sorocabano me traz.

Um comentário:

bea disse...

paraíso sorocabano.

pra mim é mais inferno heheheh ô cidade que eu não tenho paciência. - só volto pelas pessoas.