sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

é, pois é, é.

É a falta de entrega.
Não, não é a falta de entrega.
É a falta de rumo.
Não, não é a falta de rumo.

é a dúvida.
e só, a dúvida, entendeu?

A dúvida que bate na mente, enquanto há paz, mas não há paz.
São os cacos batendo e batendo e tentando dizer o que fazer enquanto está tudo confuso ou claro demais.

3 comentários:

.ana disse...

já te disse pra parar de ler meus pensamentos??? hahahahah
[sério, daqui a pouco me tornarei repetitiva de tanto dizer que o que escreveste foi feito para mim tb.]
ah: olhei o link, lindas aquelas fotos:)

beijos!

Mariane disse...

Olá Tati...

Conheci seu blog através a Ana do blog .Das minhas convicções... gostei bastante do seu espaço, sempre irei fazer uma visitinha por aqui e apreciar suas palavras, parabéns!!!

Bjinhusss....

Deise Furtado disse...

"São os cacos batendo e batendo e tentando dizer o que fazer enquanto está tudo confuso ou claro demais."
Das coisas mais bonitas que já li.
Um carinho