sexta-feira, 23 de outubro de 2009

As pessoas procuram amores de porta retrato, afetos de enfeite, colecionáveis, efêmeros para olhar e encontrar o que já se foi, o que se sentiu e o que se é.

Um comentário:

Daniel M Miranda disse...

né? a gente pinça olha bem, sente orgulho (ou não) e devolve pro álbum.