quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Gaiola de vidro.

A gaiola de vidro invade as ruas
Espelhos, concretos e fios
se erguem sobre
a cidade das memórias

Um comentário:

William Wagner disse...

Não precisa me agradecer. Confesso uma coisa: sua visita me deixou petrificado no solo. Não esperava te encontrar na casa da Lívia e do Rudi. Foi uma suspresa mais que agradável.

Pena a gente não ter tido a chance de conversar melhor. Mas acredito que ainda teremos a oportunidade.

Vou te mandar o TCC junto com o PEC num documento sem as ilustrações. É o jeito. Vou enviar por e-mail. Caso eu não tiver nos contatos, peço que vc coloque nos comentários do meu blog.

Fico feliz em saber que vc gostou do livro. Vc é uma pessoa inteligente e eu sabia que era uma aposta acertada.

Conversaremos moça. Até lá, cuide-se.

william.