sábado, 6 de maio de 2006

como um passo de dança.

ela tentava se levantar
e só caia novamente em vão.
procurava um sonho novo
começar novamente
em um céu mais limpo
onde não haja nuvens
para impedir o voar.
que a imaginação possa fluir
sem atrapalhar os sentidos.
que o tom dos dias
seja claro e breve
os segundos mais completos
e os sorrisos mais sinceros.
você pode começar com
um passo de dança
aprenda a flutuar sobre os pés
que te levam a lugar nenhum
e te completam
em alguns minutos.
palavras simples jogadas ao vento
alcançam os melhores ouvintes
abrem corações
renovam as paixões ..

4 comentários:

Fernando Trevisan disse...

ah, a poesia.
mas essa está melhor, mais livre, mais tranquila, serena, menos melancólica.
Você devia ler o Ray Bradbury. Ele é um maldito poeta. Sem fazer poesia.
:*

Tatiana Plens disse...

rs ... ok vou aceitar a dica.
gosto mais de contos, mas é que não veio uma idéia boa ainda para escrever outro ..

Anônimo disse...

Great site loved it alot, will come back and visit again.
»

Anônimo disse...

I find some information here.